Social icons

Xperimental Shoes SS14


Não é novidade nenhuma que sou fã dos sapatos da marca portuguesa Xperimental, uma vez que esta alia a irreverência do design, ao conforto e à qualidade dos materiais.
No início do mês de Março a marca irá disponibilizar no site oficial a colecção Inari (Primavera/Verão 2014), símbolo do espírito da prosperidade e fertilidade, a representação do crescimento.
Mais uma vez o editorial é lindíssimo e mesmo ao estilo Xperimental. Estou ansiosa para que esta colecção saia para adquirir um parzito, algo que há tanto queria!
Poderão ver mais imagens desta campanha aqui

Hair Talk


Existe sempre uma altura - "aquela altura" - em que ficamos um pouco fartas do nosso cabelo. Ora é a forma, ora a cor, ora a textura...e eu não sou diferente! Tenho pensado seriamente numa mudança, mas como não posso cortar o cabelo - apesar de não faltar vontade, cortei-o o ano passado e sofri um bocado com a situação - acabo por não saber bem o que quero (ou posso) fazer! Mas vamos por partes:

Blog Crush // Portuguese Daily Reads



Decidi começar uma nova rubrica, assim sempre que quiser falar de algo relativo a blogs ou bloggers posso fazê-lo com muita mais "cor" e organização! Para estrear este espaço apresento-vos 8 blogs portugueses que têm um je ne sais quoi que faz com que visitá-los diariamente seja praticamente um ritual. 

Stop, you're killing me!




PORTUGUESE:
Não só estou apaixonada pelos tons pastel (a "maldição" parece ter afectado quase toda a gente) como meti finalmente na cabeça que necessito introduzir cor no meu armário. Do preto e do branco nunca me irei livrar, mas não há mal nenhum em deixar um pouco de alegria na minha vida em forma de roupa mais colorida. Não sou muito dada a cores fortes...bem, mentira, até sou, e até compro algumas mas não as uso muito, daí os pasteis serem uma aposta segura! E se aos tons pastel aliarmos os metálicos (ou peças holográficas) tanto melhor! 
(FrontRowShop, já podes parar de me matar com estas belezas.)

ENGLISH:
Not only I'm in love with pastels (the "curse" seems to have affected almost everyone) as I decided that I need to introduce color in my closet. I'll never get rid of black and white, but there's no problem in letting a little joy enter in my life. I confess that I'm not given to strong colors ... well, that's a lie, sometimes I am because sometimes I buy some stuff with strong colors but  I don't use them much. For that reason, I think pastels are a safe bet! And if we use this colors with metallic (or holographic) pieces, even better!
(FrontRowShop, you can't stop killing me with such beauties)

Outfits // Burgundy

 photo 15-1.png

Depois de um outfit com um pouco mais de cor, eis que volto à minha zona de conforto. O preto e o cor de vinho são das minhas cores preferidas desde que me lembro e hoje é já impensável viver sem elas. 

After an outfit post with more color than usual, I came back to my comfort zone. Black and burgundy are two of my favorite colors since I remember and it's impossible for me to live without them.

Outfits / Lover of the Light




Mal recebi esta saia da Chicwish pensei num outfit a preto e branco, mas depois pensei que devia quebrar um pouco esta minha tendência. Num surto de inspiração, lembrei-me de vestir o meu novo blazer amarelo e, a pouco e pouco, tudo foi ganhando forma.

When I received this skirt from Chicwish, a black and white outfit came to my mind, but then I thought that I should to break my trend. In a burst of inspiration, I remembered to wear my new yellow blazer and, slowly, everything was taking shape.

Reencontros



Reencontrar alguém que em alguma altura das nossas vidas foi parte integrante da mesma é algo controverso e um misto de emoções. É agridoce!
A princípio ficamos radiantes por estarmos cara a cara com essa pessoa. É inevitável falar dos momentos vividos, das histórias que ficarão para sempre gravadas na memória por serem engraçadas ou porque, por qualquer outra razão, nos tocaram. Reviver o passado é algo realmente bom pois acaba sempre por parecer que foi ontem, e talvez por isso mesmo é que quando encontramos um velho amigo tudo parece ser tão simples e descomplicado como outrora era. Tudo flui naturalmente e é incrível como horas e horas podem passar sem darmos conta quando revivemos o passado.

Pink coat, a new crush

Há uns dias atrás comprei uma revista que na capa tinha uma modelo com um lindo (e quando digo lindo estou a amenizar a beleza da coisa) casaco rosa. Nunca fui muito menina de rosa, mas confesso que nem sei bem porquê. Talvez porque existem cores que mais me chamam a atenção e depois acabo por deixar de parte tantas outras. Como tinha dito aqui no blog, quero introduzir novas cores no meu armário e o rosa, assim mais pálido, parece-me uma boa opção. Falei na revista porque mostrei à minha mãe e ela disse-me "Vou ensinar-te a fazer moldes através de imagens que vês"... e fiquei com uma enorme vontade de aprender não só a fazer os moldes mas também a criar algumas peças, como um casaco rosa. Existem coisas que efectivamente não compensa fazer em casa, mas tendo em conta o preço de alguns casacos que gostei, parece-me uma opção a ter em conta. E além disso, é sempre algo único. Estes dois, de todos os que vi, parecem-me excelentes inspirações. Concordam?

Valentine's Day Postcards (inspired in portuguese bloggers)

 photo post.jpg
O dia de S. Valentim, comummente conhecido como o Dia dos Namorados, está quase, quase a chegar e pareceu-me uma boa desculpa para abraçar novos desafios no que diz respeito ao photoshop.
A verdade é que nunca tive aulas ou workshops sobre este programa, daí muitas vezes sentir necessidade de explorar novos caminhos. E foi assim que, em jeito de entretenimento nas horas vagas, me inspirei em três dos meus blogs portugueses favoritos e criei estes três postais de S. Valentim.
Gostaram? Chegavam lá sem ver a que blogs correspondia cada postal?

(Já agora, alguém sabe o que se passa com o blogger no que diz respeito à sua insistência em me tirar qualidade das imagens?)

O amor é complicado ou nós é que complicamos?



O amor é complicado ou nós é que complicamos? Parece-me pertinente colocar esta questão numa fase em que percebo que por vezes é tão simples ser feliz, pelo menos no que diz respeito a este assunto, mas insistimos, incessantemente, em colocar questões e mais questões, entraves e mais entraves, e no fim, acabamos, quiçá, por adiar a nossa felicidade ou até mesmo perdê-la. 
Sim, é verdade que cada caso é um caso, mas acredito piamente que lá no fundo sabemos quando encontramos a pessoa certa. E não, a pessoa certa não é a pessoa perfeita, nem nunca será. Não existem pessoas perfeitas e consequentemente não existem relacionamentos perfeitos. O segredo está em aceitar e compreender os defeitos do outro, saber compreender que o ser humano não acorda todos os dias bem disposto e que acima de tudo este também erra. 
Powered by Blogger.