Fui ontem ver um dos filmes mais esperados do ano e simplesmente adorei!

O filme começa com Bilbo a escrever uma carta a Frodo, contando-lhe a história desta sua aventura, o que acaba por fazer uma ligação entre o passado e o presente da narrativa. 

Muito resumidamente - e com o intuito de não tirar a piada a quem ainda não teve oportunidade de o ver - esta aventura tem início devido a Gandald que vê em Bilbo um elemento necessário para que o grupo de treze anões liderado por Thorin seja bem sucedido na sua missão. E que missão é esta? Reconquistar o Reino de Erebor que foi conquistada há muito tempo atrás pelo dragão Smaug. Durante toda esta jornada, percorrem lugares selvagens, passam por terras traiçoeiras repletas das mais estranhas criaturas: Goblins, Orcs, Wargs e até aranhas gigantes. 

E é algures no meio de tudo isto que Bilbo Baggins se encontra com a criatura que vai mudar a sua vida para sempre. Estou pois claro a falar do mítico Gollum. Neste encontro entre as duas personagens, Bilbo não só se dá conta da sua coragem e astúcia - que ele próprio não sabia que tinha - como também toma posse do mediático (e “precioso”) anel de ouro. 

E mais não digo. O melhor é mesmo verem o filme pois, na minha opinião, além de ter personagens fantásticas, uma qualidade arrebatadora e uma banda sonora brilhante é incrivelmente divertido (passei metade do filme a rir).