Social icons

2.28.2011

Controvérsias da Sinceridade

A sinceridade é uma qualidade que todos prezam e a meu ver um assunto que devia ser mais levado em conta. A verdade é que a sinceridade pura e em excesso, tal como o whisky, resulta incontestavelmente em algo muito desagradável. A meu ver, a sinceridade no seu estado natural é pior que uma enxaqueca.

Se todos levássemos este tema a sério, conseguem imaginar como tudo seria?


Photobucket


Todos nós, sem excepção, mentimos todos os dias. mentir é parte integrante do ser humano.
Na universidade, no emprego, no café, quando alguém surge com um corte de cabelo novo ou com a mais recente aquisição que compraram nos benditos saldos (benditos para mim que sou mulher e sei o quanto é bom encontrar um vestido de 60 euros a 30), das duas uma: ou gostamos e somos totalmente sinceros ao dizer “estás maravilhosa!” ou então ficamo-nos pelo “tás gira!” que na mais pura das verdades significa “o que te passou pela cabeça?”.

Valeria a pena sermos totalmente sinceros nesta última situação? A meu ver, não. Afinal de contas, se a pessoa em questão cortou o cabelo daquela forma ou está a usar aquele vestido horrível, é porque gosta, porque se sente bem e, na minha opinião, não nos compete a nós destruirmos essa pequena felicidade que o novo corte ou vestido lhe conferem.

É uma mentira boa, ou apenas uma mentirinha. Chamem-lhe ‘omitir factos’, se preferirem.
A única certeza que tenho é que se por ventura o ser humano, da noite para o dia, dissesse apenas a verdade e nada mais que a verdade, deixaríamos meio mundo infeliz e, pior, furioso.

Arriscaríamos amizades ou o bom ambiente no trabalho. Quiçá perderíamos o emprego por dizermos ao Director que toda a gente sabe que o seu fabuloso cabelo, do qual não pára de se gabar, é na verdade uma peruca barata.

Claro está que não estou a afirmar que a sinceridade é algo mau, apenas encaro a sinceridade como algo que deve ser utilizado com moderação. Existem situações delicadas e importantes que merecem sinceridade total. Nessas circunstâncias sim, a sinceridade é a melhor opção por mais custosa que seja. Mas em situações banais onde a sinceridade apenas irá gerar infelicidade ou chatices, não vejo o porquê de não optar pela omissão de factos. Pois verdade seja dita, mentirinhas fazem parte de nós e do nosso dia-a-dia.

Mas isto é só a minha opinião.

foto: dark3ny

2 comments

  1. concordo plenamente contigo.
    Afinal de contas, se formos sempre sinceros somos mal vistos porque há coisas que custam ouvir... Portanto às vezes mais vale dizer uma «mentirazinha» que criar confusões escusadas...

    ReplyDelete
  2. é bem verdade aquilo que escreves-te =) infelizmente já soube (vezes sem conta) o que é a sinceridade exagerada das pessoas...
    ás vezes mais vale dizer a chamada mentira piedosa do que "incomodarmos" a pessoa que afinal até está bem como aquilo que tem.

    ReplyDelete

Powered by Blogger.