Social icons

8.10.2010

Letter to my best friend


Photobucket

Não sei para quem escrever pois não tenho apenas um/a melhor amigo/a. De diversas maneiras aprendi que existe sempre mais do que uma pessoa com quem contar em todas as ocasiões e é sempre a esse pequeno número em quem confio. Por isso mesmo, esta carta não é para ninguém especial mas sim para aqueles que sabem que fazem parte de mim.

Os anos passaram e longe vai o tempo em que a minha melhor amiga era aquela com quem partilhava a carteira na escola, a única a quem mandava bilhetes a falar dos amores e desamores da infância.
Longe vai o tempo em que mandava cartas à minha melhor amiga a falar de tudo por não poder estar com ela sempre que queria e ainda as horas passadas ao telemóvel para partilhar cada hora do meu dia e ouvir o que de tão banal ou maravilhoso se tinha passado no dela.
As coisas mudam. As pessoas mudam. Eu mudei e mudo com as pequenas ou grandes coisas que aprendo e me fazem ter uma nova visão.
Por isso escrevo esta carta a todos os que foram e são meus amigos porque muito do que hoje sou devo-os a vocês, mesmo que não tenha sido pelas melhores razões.

1 comment

  1. Ui.
    Eu podia por aspas nisso e colocar no meu blog.
    Hoje em dia não tenho melhor amiga. Tenho tantos conhecidos, mas a nenhum escrevo longas cartas como escrevia à minha melhor amiga no secundário; a nenhuma vou a correr contar o que se passou de fantástico na minha vida, como fazia à minha melhor amiga do secundário.
    A vida das pessoas muda, e todas as pessoas a quem chamava/chamo amigo, mudaram e muito a minha maneira de ser (não sou a Cátia de há uns anos atrás).

    **
    Kat

    ReplyDelete

Powered by Blogger.