Social icons

5.01.2010

Queima de Vila Real 2010 - parte 2

Photobucket


Dia 3, David Fonseca

Finalmente tinha chegado a noite mais aguardada por mim. Não vou descrever o concerto pois foi lindo demais, enérgico demais...Aliás, muitos das pessoas que ouvi dizer que não gostavam de David ficaram certamente impressionadas com o seu concerto.
Dancei e pulei como nunca, mudei de sítio dezenas de vezes até que parei junto aos meus amigos e namorado. Aí sim, foi a loucura. Só me lembro de me rir imenso com a Pipi ao ver as caras de algumas pessoas através de um dos ecrãs que se encontravam no recinto.
Depois do concerto, já muito suada e com um telemóvel que avariou durante o espectáculo, fui com o Rui Vírus Mental) para a entrada que dava aceso aos backstages. Não podia entrar sem credencial. Era impossível. Contudo, o Rui ia fazer uma entrevista ao David. Até me pediu opinião sobre o que perguntar. A entrevista é para o programa que ele e mais uns amigos meus fazem, o Fica a Saber.
O Rui entrou e eu pedi para ele dizer à Ticha, a assistente do David, que eu lá estava.
Minutos após voltou dizendo que podia entrar. Mas...o segurança não deixou pois o seu trabalho era impedir que pessoas sem credencial entrassem e não podia facilitar. Fiquei lixada, mas entendi.

- Diz à Ticha para vir cá - disse eu ao Rui.
Ele assim fez mas voltou dizendo que a Ticha não podia sair, estava a trabalhar.
Mais lixada fiquei pois as hipóteses de entrar estavam a esgotar. O Rui voltou para os backstages, para falar com alguém da Associação, creio. Mas pense que nem o fez pois três segundos após voltou com um rapaz da Associação que me mandou entrar. Segundo o Rui e pelo que percebi, foi o próprio David que o mandou vir buscar-me, mas não tenho bem a certeza.
Fui lá para dentro contente da vida e o David estava a falar e a tirar fotos com algumas pessoas que tinham credencial. Dei dois beijinhos à Ticha e lá me pus a falar com ela enquanto esperava que o David estivesse livre para com ele falar.
É então que aparece o Paulo, o teclista. Oh meu Deus, ele é mesmo simpático. Falei com ele sobre o concerto e disse que foi bom o David ter actuado na Queima de Vila Real pois muitas pessoas não conhecem o trabalho dele e criticam; portanto, ao actuar mudou muitas mentalidades pois o concerto tinha sido de arromba.
Lá falei mais um pouco com o Paulo até ao ponto em que ele me oferece bolachas (estava a comê-las todo entretido). Disse 'não, obrigada' e ele foi falar com a Ticha.
Surge então a Francisca, a senhora de voz doce e super tímida que toca piano, guitarra e ainda cantarola com o David. Disse-me olá, sempre com o mesmo ar doce. Eu retribuí.
Não falei com mais nenhum elemento da banda. É engraçado, mas nunca consegui falar muito com o Fiél, Sérgio Nascimento e com o Simões. Será que não gostam de mim? AHAH isto merece um big LOL.
Continuando...chegou o momento de falar com o David. Sorriso enorme, um simpático 'olá' e dois beijinhos. Falamos disto e mais daquilo, coliseu do porto blábláblá, Vila Real blábláblá. E lá nos despedimos.
- Vêmo-nos em breve, certamente. - disse mais uma vez com o sorriso de orelha a orelha que tanto o caracteriza.
-Ai podes crer que sim - respondi.
E lá me fui embora do backstage. Não sei se mais alguém entrou depois de mim. Se não, fui a última a estar com ele, oh yeah. Ena, isto até soou mal :)
E foi assim...pé ante pé voltei para o recinto para junto dos meus amigos. Creio que ao sair vi alguns membros do forúm do David mas não os conheço bem e além do mais sou péssima com caras.

1 comment

  1. estou de acordo, o Paulo é mesmo uma simpatia e a Francisca tímida mas muito simpática.
    Para o próximo sábado é a vez da minha semana académica receber o David

    ReplyDelete

Powered by Blogger.