(aqui estão algumas 'torradas' de qualidade')

As torradas são como as pessoas, de certa forma, claro! Quando pensamos nelas são sempre boas, deliciosas, irresistíveis,
de qualidade. Mas quando vamos a um café e as pedimos nunca sabemos o que esperar. Podem ser feitas de pão já velho e ficam sem sabor, ou seja, não valem nada. Podem ainda ter pouca manteiga, serem secas e quase não passarem na garganta. Se tiverem manteiga a mais…é como diz a minha avózinha: o que é demais é erro.
No entanto podem estar simplesmente perfeitas. Mas quantas vezes estão realmente do nosso agrado? Sim, há muitas que são boas, tal como muitas pessoas que conhecemos. Mas primeiro que encontremos a nossa torrada perfeita é um dia de juízo. E quando encontramos ficamos viciados e queremos sempre mais. Mas mesmo essa torrada perfeita um dia começa a ter defeitos, começamos a conhecer a torrada, como é feita. E aqui, das duas uma: ou desistimos e procuramos outra torrada que nos agrade ou simplesmente aceitamos a torrada tal como ela é pois se hoje não está tão boa não quer dizer que não continue a ser perfeita.
Eu já encontrei a minha torrada perfeita. E tu?