Social icons

2.03.2010

Malas e malinhas


As malas constituem uma questão desconcertante e porquê? Bastante simples. A rapariga/mulher que nunca reparou que os homens conseguem sempre levar montes de coisas, essenciais ou não, num espaço muito mais minúsculo do que é possível imaginar levante a mão.

Comecei a questionar tal facto no meu 9º ano quando para as aulas de educação física os rapazes levavam uma amostra de saco de desporto, que media pouco mais de 20 cm.
Imóvel, perguntava a mim mesma se, de facto, eles traziam tudo o que era fundamental visto que eu apenas levava o equipamento, a toalha, os chinelos, o champô e gel de banho e era extremamente necessário levar um saco bem maiorzinho que o deles.
Um dia, em frente ao pavilhão desportivo, pedi a um amigo meu para me mostrar o que trazia no saco e efectivamente tinha tudo o que eu levava, nem mais, nem menos.

Recentemente a mesma questão assombrou-me quando reparei na quantidade de roupa, calçado , entre outras coisas, que cabiam numa pequena mala de viagem de um rapaz. Tudo isto me parece humanamente impossível mas os meus olhos são como o algodão, não enganam.
Acho que nunca vou entender esta maravilhosa capacidade dos homens mas podemos simplesmente justificar tal acontecimento com uma estúpida analogia. O sexo masculino já nasceu com aptidão para colocar grandes coisas em espaços apertados. Ainda que tal não se aplique a todos os casos.

Post a Comment

Powered by Blogger.