Social icons

8.04.2009

Paredes de Coura - parte 2

Dia 29 Julho

Acordámos às 11h. No dia anterior, umas raparigas simpáticas do nosso campo tinham dito que acordaríamos por volta dessa hora devido ao excessivo calor. Assim foi.
Além disso, os vizinhos lisboetas da carrinha verde-estranho fizeram questão de ligar o rádio e alegrar o dia com diversas musiquinhas engraçadas, oriundas dos anos 60, 70 e 80. Era completamente impossível continuar a dormir.
Decidimos ir à vila e ficar a conhecer a zona. Caras conhecidas foram surgindo, assim como as paragens para a típica treta de dois minutos: olá, tudo bem? por aqui? onde estão acampados? blá blá blá!

Depois de deambularmos pela vila, voltámos ao campo para pegar nas coisitas necessárias para usufruir de um bom banho. Depois disto, novamente a caminho da vila, encontramos o Amaral. Risota total!
Minutos passados na fila e um banhinho depois, fomos ao Mini Preço onde uma vodka preta nos escapou entre os dedos. Solução? Duas garrafas de Casal Garcia. Resultado? Uma grande alegria.
Foi devido à Sra. Garrafa de Casal Garcia que me exaltei em algumas coisas, incluindo um inusitado BOA NOITE que me perseguirá para o resto da vida. Mas os concertos foram a melhor maneira de me animar (ainda mais) e de me rir e dançar sem parar.

Sean Riley & The Slowriders
e The Strange Boys foram apreciados de forma única e subtil: sentadas na relva, a ver as inúmeras alminhas que passavam. Já Patrick Wolf teve de ser 'consumido' bem de perto, com movimentos nada forçados feitos pelos pés e braços, seguidos da cabeça e rabinho: foi simplesmente impossível ficar parada e não sorrir de tanta energia que ele me transmitiu. Sem dúvida alguma, foi um animal de palco que captou toda a minha atenção!
A noite acabou da melhor forma com os Bons Rapazes que levaram a minha alegria ao rubro quando passaram uma das minhas músicas preferidas. Convoquei a Laura e o Luís para me acompanharem (que honra), e depois do maravilhoso 'chichizinho' formou-se uma reunião bastante engraçada junto às casas de banho. Tinha encontrado uns amiguinhos do Fotolog e inevitavelmente iniciou-se uma troca de informações descomunal.
A conversa teve imensa piada, principalmente a parte em que um deles me chamou Elsa pois Come Salsa lhe fazia lembrar esse nome.
A conversa terminou e quando a partilhava com a Laura e Luís, apercebi-me que a Kids dos MGMT estava a soar fortemente no palco secundário.
Sem pensar duas vezes, comecei a correr. Corri, corri, corri, e só parava às vezes para verificar se a Laura e o Luís não se tinham perdido. Corri mais um pouco e finalmente alcancei a tenda. Parei e apreciei aquela música de uma forma bastante intensa.
FOI LINDO!

Era impossível não afirmar que aquela noite dormiria melhor do que nunca (:
Depois de tudo isto, fomos para a tenda, onde falamos até adormecer.
Estava a ser tudo tão perfeito...

3 comments

  1. nhai, que boa descrição do dia 29 em paredes :)
    estou ansiosa de ir para o ano!

    ReplyDelete
  2. oh os bons rapazes eram um nojo! estragavam as musicas todas. animei na dos justice mas mesmo assim eles estragavam mesmo as musicas todas, sao nojentos e nao gosto deles x)

    ReplyDelete
  3. passaste cada cena mais incrivel :')
    que wooooooooow *-*
    beijinho * duda

    ReplyDelete

Powered by Blogger.